Vagas cobertas para embarque e desembarque na Rodoviária e melhorias para a estrada Salto/Elias Fausto são solicitadas pelo vereador Edemilson

Rodoviaria-1

Salto, 16 de outubro de 2018

Nesta semana, o vereador Edemilson Pereira dos Santos pediu ao prefeito de Salto, Geraldo Garcia, a instalação de uma ou duas vagas de uso exclusivo para embarque e desembarque junto às vagas dos taxistas no Terminal Rodoviário. “Esta Casa de Leis vem recebendo há anos reclamação de munícipes que, em dia de chuva, não têm em espaço com cobertura, expondo de maneira absurda os usuários do serviço”, explica.

Rodoviaria-2

Segundo o vereador, a proposta é criar uma ou duas vagas junto dos taxistas, logo no começo da faixa, e ampliar duas vagas, próximo, encostando nas proximidades da faixa de pedestres, assim não prejudicando a quantidade de automóveis destinados ao transporte de passageiros. “Portanto, a proposta é criar uma alternativa, sem alterar a cobertura atual, ou mesmo o design da Rodoviária, permitindo a parada com pisca-alerta aceso, com motorista ao volante, ou seja, um espaço estritamente necessário para efetuar o embarque e desembarque, conforme o próprio Código de Trânsito Brasileiro (CTB) define”.

estrada-Salto-Elias-Fausto-1

Estrada Salto/Elias Fausto – Edemilson também solicita ao chefe do Executivo, com a máxima urgência, a manutenção de limpeza e serviços de tapa-buracos em diversos pontos no asfalto da estrada Salto/Elias Fausto (SLT-161), que dá acesso aos bairros Jardim Maracajás, Iracema, Arquidiocesano, Bairro Seco, Reconquista e diversas propriedades rurais.

“Em vários pontos, o asfalto afundou e a depressão se transformou em cratera, oferecendo perigo constante aos motoristas, pedestres, cavaleiros e charreteiros que passam pelo local. Essa via é de grande importância e recebe diariamente um grande fluxo de veículos, ônibus do transporte coletivo, escolar e caminhões, sendo necessárias as devidas providências, bem como a limpeza nas canaletas e corte do mato no acostamento que está caído na via, pois, com o canal de água entupido pelo mato e sujeira, a água da chuva está correndo pela pista, criando aquaplanagem e colocando em perigo a trafegabilidade dos veículos”, destaca o representante do Legislativo saltense.

estrada-Salto-Elias-Fausto-2

De acordo com Edemilson, outro ponto que demanda urgência é a liberação de acesso ou rotatória para a estrada rural do Bairro Seco. Devido às obras do loteamento Jardim América (próximo ao Instituto Solidare), os veículos são obrigados a ficar parados no meio da via ou cruzar enfrentando perigo, pois esse trecho é de muita velocidade e o fluxo é grandioso aos finais de semana, por ser acesso ao Secom (Sindicato dos Comerciários) e toda a região das chácaras.

“Os frequentadores da Camaster (Centro de Reabilitação e Equoterapia), localizada nesta mesma via – Estrada Salto/Elias Fausto, nº 500, no bairro Buru –, solicitam a instalação de lombada nas proximidades desse número para minimizar o abuso de velocidade dos veículos. É difícil para sair da Camaster, que também tem grande fluxo de pessoas, pois a velocidade da via é muito grande”, conclui.

*Com fotos e informações do vereador Edemilson Pereira dos Santos.