Vereadores cobram explicações da Prefeitura após incidente com elevador do Mirante da Ponte Estaiada

oficio-elevador - site

Salto, 24 de julho de 2017

Na manhã desta segunda-feira, dia 24, os vereadores Edemilson Pereira dos Santos, Márcio Conrado e Cícero Granjeiro Landim – integrantes da Comissão da Câmara de Salto que tem a incumbência da representação do Comércio, Indústria, Turismo e Proteção Animal, conforme Portaria nº 11/2017, encaminharam ofício à Prefeitura de Salto solicitando explicações por qual motivo foi cancelado o contrato com a empresa Elevadores Otis Ltda - contratada para fazer a manutenção do elevador da Ponte Estaiada - conforme contrato administrativo nº 84/2016, e processo administrativo nº 2897/2016, com vigência de 12 meses, valor total de R$ 15.600,00, assinado na gestão passada, em junho de 2016.

elevador - ponte estaiada site

No domingo, dia 23, o elevador panorâmico do Mirante, que fica na Ponte Estaiada, travou no quarto andar - enquanto transportava 12 visitantes (11 adultos e 01 criança), os quais tiveram que aguardar por cerca de uma hora pela saída, tendo sido feita a liberação destas pessoas por uma equipe do Corpo de Bombeiros de Salto com o apoio da Defesa Civil.

O vereador Edemilson esteve no local acompanhando o trabalho de retirada e de manutenção, destacando que a antiga empresa responsável foi acionada e compareceu ao ponto turístico, bem como o prefeito Geraldo Garcia que também esteve presente verificando o que poderá ser feito para que este tipo de incidente não aconteça novamente, dizendo inclusive que uma das providências é fazer com que os funcionários que trabalham no local passem por treinamentos.

“Felizmente as pessoas que ficaram presas no elevador da Ponte Estaida foram retiradas pelos bombeiros, que tiveram que perfurar a parede para acesso à escadaria. Faz cerca de um mês que a Administração cancelou o contrato com a empresa Elevadores Otis Ltda. Mas percebemos que desde que foi instalado, o elevador tem problemas”, ressaltou o vereador.

elevador - ponte estaiada- site      elevador -ponte estaiadasite

Elevador com diversos problemas – A comissão formada pelos vereadores sugeriu à Administração Municipal que mantenha o elevador interditado enquanto não tiver uma empresa responsável pela manutenção periódica e conservação. De acordo com o que foi apurado pelos vereadores junto aos técnicos da Otis, o elevador não tem gerador, nem molas para o caso de queda e também não foi adaptado ou adequado ao tipo de ponte (estaiada). Além disso, o interfone não foi instalado e o botão de emergência também não pode ser ouvido de longe; não há ventilação e nem câmeras de segurança para verificar dentro ou nas escadas para saber se tem alguém dentro do elevador se acontecer alguma pane, como houve.   

“Solicitamos mais empenho por parte da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo com todos os pontos turísticos da cidade e mais atenção aos servidores (monitores) que trabalham nos pontos turísticos. Esse ponto turístico não tem segurança, além de não conter sanitários nas proximidades, tendo em vista que temos espaço onde poderiam ser construídos. O elevador do Mirante vem travando há meses e, conforme orientação dos técnicos da empresa Otis, a placa de comando do equipamento deveria ser trocada há tempo e isto não ocorreu. Aguardamos providências para que novos incidentes não venham a ocorrer, colocando as pessoas em risco”, disseram os vereadores.

*Com fotos e informações do vereador Edemilson Pereira dos Santos.