Vereadores Natalino e Garotinho acionam a Cetesb sobre a presença de espuma nas águas do ribeirão Piraí em Cabreúva

Natalino-Garotinho-Cetesb-Jundiai

Salto, 1º de novembro de 2017

Duas semanas depois de constatarem a presença de uma espuma branca nas águas do ribeirão Piraí, beirando a rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto em Cabreúva, os vereadores Roberto Natalino Silveira e Divaldo Aparecido dos Santos “Garotinho” reuniram-se, na manhã de terça-feira, dia 31, com a gerente regional da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) em Jundiaí, Renata Nogueira de Araújo Loes. Natalino e Garotinho expuseram o problema a ela, ao engenheiro Lineu José Bassói e à supervisora técnica Marta Lorenti, mostrando aos representantes do órgão as fotos tiradas às margens do Piraí no último dia 20 de outubro.

O engenheiro da Cetesb disse que a ocorrência pode ter sido algo pontual, mas que, caso isso esteja acontecendo frequentemente, pode ser uma situação preocupante, devido ao fato de as águas do Piraí abastecerem o principal reservatório de Salto. Lineu explicou que a espuma encontrada pode ser resultado da presença de substâncias surfactantes, encontradas em produtos de limpeza como detergentes, e que as indústrias e demais empresas da região percorrida pelos vereadores estão em dia quanto às exigências ambientais. De acordo com ele, existem casas na região que ainda não estão interligadas à rede de esgoto, sendo que tal ocorrência verificada por Natalino e Garotinho pode ter relação com essas residências.

ribeirao-Pirai-Cabreuva-1

Os representantes da Cetesb afirmaram ainda que bimestralmente são feitas análises da água do ribeirão Piraí, por meio de coleta feita em pontos distintos, porém o resultado demora um pouco para ficar pronto, pois tais análises são feitas em Campinas e o resultado é processado em São Paulo. O rio Jundiaí também tem sua água coletada em alguns pontos, para análise a cada dois meses pelos técnicos do órgão.

Após o fim da reunião, os vereadores voltaram ao mesmo ponto onde havia bastante espuma duas semanas atrás, e a situação encontrada foi a mesma. Natalino e Garotinho coletaram a água em uma garrafa pet e acionaram novamente a Cetesb. O engenheiro Lineu afirmou aos representantes do Legislativo saltense que imediatamente enviaria um técnico do órgão para coletar uma amostra da água com a finalidade de enviá-la para análise, de modo a descobrir a causa da formação da espuma para que sejam tomadas as devidas providências.

ribeirao-Pirai-Cabreuva-2