Vereadores participam da inauguração da Biblioteca Teatral

biblioteca teatral site

Na manhã desta sexta-feira, dia 20 de novembro, o Presidente da Câmara Estância Turística de Salto, Vereador Divaldo Aparecido dos Santos – Garotinho, acompanhado do Vereador Vanderlei Elcio Silva – Lobinho, participou da inauguração da Biblioteca Teatral “Lico Valle”, no Centro de Educação e Cultura Anselmo Duarte.

No evento, que contou com participação do Secretário de Cultura, Marcos Pardim e de familiares do homenageado, o ator saltense Hélio Rodrigues prestou uma homenagem ao falecido ator e palhaço que deu nome ao novo espaço cultural.

Lico Valle nasceu em 28/01/1925, em Salto, filho de Luiz Grato Valle e Maria Cavriani, ambos imigrantes italianos. Casou-se em 14/12/1946, com Martha Acharezzi dessa união nasceram quatro filhos: Maria Aparecida Valle, Marlene Valle, Rute Valle e Djalma Valle.

No ano de 1958, juntamente com seus amigos Zinho Solano, Carmelo Canova (Roberto), seu irmão Oscar Valle (Miúdo), Lico Valle, que usava o nome artístico de “Bicanca”, concretizou seu sonho de ter um Circo, o Circo Teatro Variedades, localizado num terreno na Avenida Dom Pedro II.

Lico faleceu em junho 1991 e familiares, amigos mais próximos, e aqueles que acompanharam sua passagem como “Bicanca”, sabem da sua integridade, da humildade como ser humano, inteligente, criativo, dono de sacadas rápidas, em falas e gestos que faziam dele uma pessoa autêntica e espontânea.

O nome de “Lico Valle” para a Biblioteca Teatral foi proposto pela Comissão de Nomenclatura de Ruas e Próprios Municipais, que gerou o Projeto de Lei nº 3.239/2013, votado e aprovado por unanimidade pela Câmara em 23/11/2013.

Na Biblioteca Teatral “Lico Valle” estão à disposição dos usuários: 408 títulos, 578 volumes, 97 revistas de teatro e 285 textos e peças teatrais e funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30, no Centro de Educação e Cultura Anselmo Duarte. Localizado a Rua Prudente de Moraes, 580 – Centro.