Edemilson pede providências ao Executivo em área tomada pelo mato

providencias-ao-executivo-em-area-tomada-pelo-mato-01

O Vereador Edemilson Pereira dos Santos encaminhou um Ofício ao Prefeito da Estância Turística de Salto, Juvenil Cirelli e ao Secretário de Meio Ambiente, João De Conti Neto, solicitando uma atenção nas melhorias de limpeza na rua Inglaterra, no trecho que compreende o Distrito Industrial Jardim Bandeirantes e as residências do Jardim Celani.

Segundo o Representante do Legislativo Saltense, o matagal está invadindo a canaleta responsável pela vazão de água pluvial, além de também estar invadindo a via e os moradores solicitam uma atenção o mais breve possível, pois o local está servindo de esconderijo para desocupados, consumidores de drogas e por pessoas de má índole, que se aproveitam de que autoridades policiais que passam pelo local, não têm uma visão adequada.

“Esta solicitação é uma reivindicação dos moradores, que fizeram a esta Casa de Leis, em reunião realizada no Jardim Celani, juntamente com os representantes e moradores do bairro, Conseg, GCM, PM e representantes do Executivo, diante dos casos alarmantes de assaltos às residências do bairro. Na última semana, três ladrões armados invadiram uma casa na rua Portugal e renderam a família. Os ladrões reviraram a casa toda, levando R$ 1,8 mil em dinheiro e celulares. Em dois meses, já ocorreram sete roubos a residências na mesma rua, o que tem assustado os moradores”, disse Edemilson.

providencias-ao-executivo-em-area-tomada-pelo-mato-02

O Vereador aproveitou o Ofício para solicitar novamente a limpeza e a manutenção nas bocas de lobos do Distrito Bandeirantes, bem como a notificação dos proprietários de terrenos particulares para que façam a limpeza de seus lotes, além da limpeza das áreas verdes que são de responsabilidade do Poder Público.

“No mesmo Distrito Industrial (Bandeirantes), na rua País de Gales, nas proximidades do nº 116, existem três caixas coletoras construídas em alvenaria que estão sem tampas de concretos, levando perigo aos trabalhadores que por ali circulam e animais que passam pela rua. Por isso, solicito a manutenção com urgência”, concluiu Edemilson.