Secretaria de Finanças e SAAE apresentam dados do 1º quadrimestre de 2017, em Audiência Pública na Câmara de Salto

audiencias-site 1

Salto, 26 de maio de 2017

Na tarde desta quinta-feira, dia 25, a autarquia SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) de Salto e a Secretaria de Finanças realizaram uma Audiência Pública na Câmara da Estância Turística de Salto, com dados financeiros referentes ao primeiro quadrimestre de 2017, compreendendo o período entre os meses de janeiro a abril.

SAAE – O superintendente do SAAE, Pérsio Augusto de Paula, esteve acompanhado pelo auditor Ronaldo Antonio da Silva, responsável pela gestão orçamentária da autarquia, o qual iniciou a apresentação mostrando o balanço de receitas e despesas dos quatro primeiros meses deste ano, comparando-as com anos e quadrimestres anteriores; apontando os números de inadimplências nos últimos anos e a folha de pagamento – despesas com pessoal e receita corrente líquida.

O superintendente aproveitou a oportunidade para explicar o trabalho da assistente social na autarquia, profissional que avalia as questões de isenção de tarifas, enfatizando que os interessados devem ir até a recepção do SAAE e esclarecer a situação, sendo feita uma entrevista com a assistente social que fará visita na residência e emitirá laudo para verificar se a família pode ser inserida na tarifa social.

Sobre as inadimplências, o auditor Ronaldo destacou que atualmente existem devedores e eles precisam ser inscritos, e está se fazendo um trabalho árduo de conversão de dados, cadastros e análises. “Já temos algumas pessoas que estão negociando, mas com grandes devedores o Tribunal de Constas pode achar que eu prevariquei ou favoreci alguém, pois as regras e critérios ainda não estão definidos, mas nos próximos trinta e cinco dias vai estar tudo cadastrado e com base na lei poderemos realizar estas negociações”.

Já com relação à abertura de concurso para o SAAE, o superintendente confirmou que está previsto para que aconteça no início de agosto. “Estamos contratando a empresa que faz o concurso e que vai ter 45 dias para preparar todo o processo (provas, local, divulgação)”, disse Pérsio, que destacou a importância de preencher com o máximo de rapidez, pelo menos, as vagas operacionais.

audiencias-site 2

 

Audiência das Finanças – A apresentação foi feita pela secretária de Finanças, Janaína Bassetti, e pelo contador Fausto do Monte Vecina, da mesma secretaria, que mostraram o relatório com a prestação de contas do 1º quadrimestre de 2017 - as receitas e as despesas com pessoal, educação e saúde no período, além da dívida consolidada e dos restos a pagar.

Na ocasião, a secretária enfatizou que a Prefeitura já conseguiu regularizar grande parte das dívidas processadas das empresas prestadoras de serviços, ressaltando como exemplo o pagamento dos valores devidos às empresas de transporte interurbano e da merenda. Ainda referente a dívidas com fornecedores, foi falado da portaria conjunta feita entre Secretaria de Finanças e a Secretaria de Administração, estabelecendo prazo para que as secretarias, quando receberem uma nota fiscal,  tenham cinco dias corridos para entregá-la dentro da contabilidade e seja feito o processamento. “Então não temos dentro da Prefeitura, na minha Secretaria de Finanças, nenhuma nota em atraso, exceto àquelas pretéritas. E, hoje de tudo que deu entrada na Prefeitura está processado e obedece aos critérios de pagamento contratual”, afirmou Janaína.

audiencia-site3

 

Durante a audiência, também foi abordado sobre os recursos de verbas parlamentares e convênios que requerem contrapartida, tendo sido esclarecido que atualmente para a Caixa Econômica fazer o repasse para os convênios existentes, a Prefeitura tem que primeiro integralizar este repasse.

Os vereadores ainda perguntaram se a meta do quadrimestre foi atingida. “Quanto ao arrecadado no quadrimestre, nós conseguimos atingir, em razão do que vem do IPVA e dos pagamentos da cota única do IPTU. Contudo, ainda que atingindo a meta, ela está inferior ao passado. Pelos problemas que tivemos na emissão dos carnês do IPTU deste ano, muita gente não conseguiu fazer o pagamento à vista e isto diminuiu o caixa. E deveria estar com um número muito mais favorável do que temos hoje, era para ter arrecadado mais”, salientou a secretária.

A audiência pública foi conduzida pelo presidente da Câmara de Salto, Luiz Carlos Batista “Luizão”, e teve a participação dos vereadores Márcio Conrado, Edemilson Pereira dos Santos, Cícero Granjeiro Landim, Clodoaldo Martins de Oliveira, Roberto Natalino Silveira, Vinícius Saudino de Moraes e Divaldo Aparecido dos Santos “Garotinho”.

 

Confira na íntegra o vídeo da Audiência Pública da Secretaria de Finanças e SAAE.