Vereadores recebem representantes de bairros preocupados com a transmissão da febre maculosa e acionam Poder Executivo

reuniao representantes associacao de moradores site

Salto, 30 de outubro de 2018

Na última sexta-feira, dia 26, os vereadores Márcio Conrado, Cícero Granjeiro Landim e Edemilson Pereira dos Santos reuniram-se na Câmara de Salto com o diretor-presidente da Associação de Moradores “Amigos D’Icaraí Associados” (que engloba os condomínios Jardins D’Icaraí, Sol D’Icaraí e Lagos D’Icaraí), Renato Botti Monteiro, e com o representante dos moradores do condomínio Zuleika Jabour, Roberto Romano Sobrinho. Os dois pediram a colaboração dos vereadores para que a Prefeitura tome providências a respeito da transmissão da febre maculosa nesses locais, destacando a falta de ações efetivas por parte do Poder Executivo para controlar o aumento da população de capivaras, que são hospedeiras do carrapato-estrela, transmissor da doença.

No caso dos condomínios D’Icaraí, um relatório da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), órgão ligado à Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, classificou o local como área de transmissão da febre maculosa. Estando as capivaras em APP (Área de Preservação Permanente), a responsabilidade pelo manejo desses animais – em torno de 20 indivíduos – é da Prefeitura, conforme destaca o ofício encaminhado pela associação de moradores, no último dia 15, ao prefeito Geraldo Garcia, ao secretário do Meio Ambiente, César Piva, e ao secretário da Saúde, Flávio Vitale.

E, no caso do condomínio Zuleika Jabour, várias ações já foram feitas pelos moradores, nos últimos 12 meses, para conter o trânsito de capivaras – são 14 indivíduos –, como a instalação de barreiras na divisa com outros condomínios e com o ribeirão Buru, além da colocação de placas nas áreas verdes, sinalizando onde existe a presença do carrapato-estrela, e da dedetização desses locais.

Ainda na sexta-feira, Márcio, Cícero e Edemilson, que desde meados de 2017 vêm cobrando do Executivo ações contra a transmissão da febre maculosa, estiveram reunidos com o secretário de Governo de Salto, Gilmar Mazetto, a quem entregaram ofício relatando sobre a reunião na Câmara com os representantes dos condomínios, solicitando providências também ao prefeito, ao secretário do Meio Ambiente e ao secretário da Saúde.