Providências para abandono de terrenos particulares e para descarte irregular de materiais são requisitadas pelo vereador Edemilson

Madre-Paulina-1

Salto, 1º de outubro de 2018

O vereador Edemilson Pereira dos Santos, na semana passada, requisitou ao prefeito de Salto, Geraldo Garcia, para que intervenha junto à Secretaria de Meio Ambiente para a notificação dos proprietários dos terrenos particulares abandonados no matagal no bairro Santa Madre Paulina. “Uma das propriedades que não faz jus à sua função social fica na rua Dr. Miguel Couto, em frente ao nº 246. Faz mais de cinco anos que esse lote não recebe limpeza alguma. Também é necessário a retirada de entulhos, sofás, pneus e outros inertes descartados nas áreas públicas, em toda a extensão da rua Dr. Carlos da Silva Lazcaz”, enfatiza.

Madre-Paulina-2

De acordo com Edemilson, outra cobrança dos moradores do Madre Paulina é em relação a uma área particular entre as ruas Dr. Carlos Chagas, Dr. Euryclides de Jesus Zerbini e Dr. Walter Edgar Maffei, que se transformou em ponto de carga e descarga de caminhões, os quais vêm da rodovia, tirando o sossego do bairro e criando transtornos com manobras de grandes caminhões.

Bairro-Seco

Já no bairro Maracajás, entre as ruas das Acácias, Maristas e Genaro, também está ocorrendo descarte de materiais, como resíduos da construção civil e móveis velhos. “O descarte ilegal de lixo doméstico e inertes no final da estrada do Bairro Seco, também retrata o crime ambiental, pois, além de prejudicar a conservação dos espaços públicos ou particulares, demonstra que os moradores dessa região precisam ser orientados, bem como ser beneficiados com um Espaço de Entrega Voluntária”, salienta o vereador.

*Com fotos e informações do vereador Edemilson Pereira dos Santos.