Vereadores percorrem bairros para verificar problemas com a rede de esgoto de Salto

rede-esgoto-problemas 1

Salto, 11 de junho de 2018

Nesta segunda-feira, dia 11, o vereador Edemilson Pereira dos Santos requisitou que a Prefeitura de Salto, por meio do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), realize a manutenção em uma rede rompida de esgoto no Distrito Industrial do Lajeado.

Segundo o vereador, a Administração Municipal já foi oficiada no mês de abril e nenhuma providência foi tomada. A rede rompida coletora do esgoto da região do Distrito Industrial do Lajeado, passando pelo Porto Seguro, até a região do Jardim Servilha, após passar por dezenas de bairros continua correndo no leito do Ajudante, sem justificativa ou manifestação.

rede-esgoto-problemas 4

“No último dia 05, comemoramos o Dia Mundial do Meio Ambiente. Infelizmente, continua a morosidade para resolver os problemas apontados pelos vereadores e a população. Na sexta-feira, 08, juntamente com os vereadores Cícero, Alemão, Macaia e Márcio, percorremos os mananciais da cidade de Salto para verificar os pontos de vazamento de esgoto e voltar a pedir providências para os responsáveis”, disse Edemilson.

Mais vazamentos - No Distrito Industrial do Lajeado, os vereadores apontam que faz cerca de quatro meses que o esgoto está sendo despejado no Córrego do Ajudante. No Jardim Independência, faz aproximadamente um mês que o esgoto está sendo despejado neste mesmo córrego. No bairro Santa Marta, encontraram uma rede entupida na rua Álvaro da Costa.

Já no São Pedro e São Paulo, existe uma rede rompida entre as margens do Rio Tietê, nas proximidades da rua Rio Grande do Sul e Estado do Pernambuco. Além disso, o Guaraú, desde o último final de semana vem sofrendo com grande carga de dejetos domésticos da cidade de Itu, sendo que a Estação de Tratamento está passando por manutenção, após um incidente.  

rede-esgoto-problemas 5

Os vereadores também reforçam o fato de verificarem espumas no córrego do Ajudante e espuma rosa no rio Jundiaí, tendo avisado a CETESB e a Secretaria do Meio Ambiente. E, na entrada do bairro Santa Cruz existe um vazamento, esquina da Marechal Rondon e a Cásper Líbero, bem como no cruzamento das avenidas Roque Lazzazera e Bandeiras, a situação acontece há três meses. Assim, diante de tantos problemas, os vereadores aguardam providências das autoridades competentes.

*Com informações do vereador Edemilson Pereira dos Santos.